Siga-nos
Topo

Usa CPAP para apneia? Vai viajar, o que pode ser feito?

 

Se você já é usuário do conhecido CPAP, não existe sequer necessidade de explicar o que ele seja. Mas, como este artigo será lido também por pessoas – que ronquem e que façam apnéias obstrutivas – que podem, ainda,  não saber o que esta sigla significa, vamos dar a devida explicação sobre o mesmo.

CPAP é a sigla, em inglês,  para Continuous Positive Airway Pressure, aparelho utilizado para – em distúrbios obstrutivos do sono, tais como ronco e apnéias – neutralizar de forma eficaz estas condições alteradas do sono.

O CPAP é um gerador de fluxo de ar que, através de uma máscara nasal, fornece ar, sob pressão positiva, que mantém a via aérea (normalmente em nível de orofaringe) desobstruída e permite a correta oxigenação do sangue nos pulmões.

Os distúrbios obstrutivos do sono são tratados pela parte médica específica que cuida destas questões – Medicina do Sono – e também – adicionalmente – pela chamada Medicina Orofacial dos Distúrbios do Sono, em casos clínicos leves e moderados indicados para este tipo de terapêutica.

O tratamento de primeira escolha para estas questões costuma ser sempre – para casos mais graves – o tão conhecido CPAP, um aparelho que injeta ar pelas narinas, sob pressão positiva, como já explicado anteriormente.

Existem no entanto, com relação ao uso dos CPAPs, algumas situações quem podem ser auxiliadas e – em certos casos, sempre com anuência e controle  do médico do sono – supridas temporariamente pelos aparelhos intrabucais que evitam o ronco e as apnéias obstrutivas através do reposicionamento da língua para a frente e também do palato mole, permitindo que o ar volte a passar pela orofaringe, mantendo os tecidos que a formam mais firmes.

Existem, entre outras, duas situações em que o  paciente que usa o CPAP pode beneficiar-se em ter, também, uma aparelho intrabucal para evitar as obstruções da respiração.

A primeira costuma ser em viagens longas (às vezes uma noite toda) aéreas, na qual o uso do CPAP fica impossibilitado e a outra é em locais nos quais o CPAP não possa ser utilizado, desde que ele depende de energia elétrica para funcionamento.

Outra situação, também muito comum, é viajar para a casa de parentes ou amigos, ocasião  em  que podem fazer haver algum tipo de constrangimento em usar o CPAP.

E ainda outra situação são as viagens para caça ou pesca, em lugares, obviamente, sem energia elétrica.

 

O professor Gerson I. Köhler, membro da Sociedade Brasileira do Sono e da Associação Brasileira  de Gerontologia informa que existem pacientes entre as pessoas que são tratadas destas questões de saúde que, mesmo fazendo uso do CPAP, procuram – ou melhor, precisam ter – adicionalmente, possuir um aparelho intrabucal (da Medicina Orofacial do Sono) para usar em situações especiais, nas quais o dispositivo que injeta ar  – o CPAP – não possa ser utilizado.

Desta forma, sempre que se percebam impossibilitados de usar o CPAP, terão à sua disposição este pequeno mas importante aparelho intrabucal para permitir a normalidade de seu sono durante o período em que o CPAP não possa ser utilizado.

O ronco perturba seriamente o sono de quem está ao lado, o cônjuge. Chega, em determinados casos, até a inviabilizar a qualidade de vida e o próprio casamento.

A apnéia obstrutiva – por sua vez – tem uma conotação de maior gravidade para quem a tem, pois pode causar – se não tratada – riscos sérios para a saúde em geral (notadamente para o sistema cardiovascular) informa Juarez Köhler, membro da Köhler Interdisciplinar, uma clínica que se dedica ao atendimento – sempre em conjunto com a Medicina do Sono – de pacientes portadores destes distúrbios obstrutivos do sono (ronco e apnéia).

 

Adicionalmente, pode-se afirmar que os aparelhos intrabucais para roncos/apnéias obstrutivas utilizados para dormir, são feitos de forma personalizada para cada paciente (respeitando as características anatômicas bucais de cada pessoa).

São de fácil uso, não costumam incomodar e nem ser desconfortáveis.

Gerson e Juarez Köhler, finalizam seu raciocínio sobre estas questões de saúde, bem-estar e qualidade de vida, informando que eles (os aparelhos intrabucais) reposicionam – durante o sono – a mandíbula, bem como toda a musculatura lingual e orofaringea ligada a ela, desobstruindo a via aérea e permitindo um sono dentro de uma melhor normalidade e qualidade.

Fontes:

– Gerson I. Köhler e Juarez F. W. Köhler – ortodontistas e ortopedistas faciais, membros da ABOR, Associação Brasileira de Ortodontia e Ortopedia Facial, filiada à WFO – World Federation of Orthodontists – USA

E-mail:kohler010@gmail.com – Facebook – Köhler Ortofacial – 55.41.3224.4883 – 41.99992.7617-WhatsApp 

– Noninvasive alternatives to CPAP in therapy of obstructive sleep apnea syndrome. Zürich Universität, jul 2000

– Mandibular advancement device for obstrutive sleep apnea: An overwiev.

J Pharm Bioallied Sci. 2015 Apr.

– The effectiveness of oral appliances for obstructive sleep apnea syndrome: A meta-analysis. Journal of Dentistry, 2015, Dec. 

– Oral appliances for snoring and sleep apenea. http://www.sleepreviewmag.com/2018/01/oral-appliance-titration-psg/

You must be logged in to post a comment Login

Mais em Colunistas

  • By Mary Schaffer

      RED HOT no chá de Antonella A noiva Antonella Cequinel Thá Thomé recebeu um seleto grupo de convidadas na residência...

    Mary Schaffer08/05/2018
  • Coluna Verônica Pacheco

      Homofobia pode estar ligada a desejos reprimidos Segundo psicólogo, ataques homofóbicos podem ter relação com opção sexual reprimida. No ano...

    Verônica Pacheco07/05/2018
  • Coluna Jeslayne Valente

      Minimalismo e sofisticação A arquiteta e designer de interiores Val Ruon assina a nova vitrine na Inove Decor, localizada no...

    Jeslayne Valente04/05/2018
  • Facial Myolift – tonifica músculos faciais e cria aspecto jovial

      Os especialistas Juarez Köhler e Gerson Köhler foram os pioneiros na introdução no Brasil do sistema de rejuvenescimento do aspecto...

    Dr. Gerson I. Köhler02/05/2018
  • By Mary Schaffer

      Léo Tramontim reuniu elegantes fashionistas na Max Mara do Pátio para um workshop sobre trufas italianas e desfile comentado sobre como...

    Mary Schaffer21/04/2018
  • Coluna Maria Inês

      Neste inverno aposte e use sem medo, agasalhos com pelos de carneiro. Aparência não é de pele ostensiva, as pessoas...

    Maria Ines19/04/2018
  • By Mary Schaffer

    Olha só quem esteve participando da aula de culinária no Clube Curitibano, com a chef Solange Schineider e o Empório Rosmarino....

    Mary Schaffer16/04/2018
  • Coluna Jeslayne Valente

      Tecidos de parede no décor: viva essa experiência Revestimentos de parede atuam de forma harmoniosa no décor, seja como protagonista...

    Jeslayne Valente11/04/2018
  • Exposição da 10ª edição do Projeto Mueller Ecodesign Social

      Foi grande a festa que o Shopping Mueller organizou para a abertura da exposição da 10ª edição do Projeto Mueller Ecodesign...

    Mary Schaffer10/04/2018